Yasei no Seishin

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Yasei no Seishin

Mensagem por ADM.Jin em Sex 28 Abr 2017 - 18:14

[subtituloOficial2]Dados Pessoais[/subtituloOficial2]

Nome: Yasei no Seishin
Raça: Humano
Idade: 18 anos
Cidade Natal: Alfirin Barad

[subtituloOficial2]Personalidade[/subtituloOficial2]

Desde pequeno ele foi posto em diversas provas que deixaram claro para ele e para outros o seu verdadeiro desejo. Yasei desde mais novo estava fadado a um caminho que não queria seguir, nunca desistiu do que achava certo e sensato, mesmo que quem estivesse contra isso fossem seus pais.

As situações fizeram com que Yasei desenvolvesse uma personalidade incomum para humanos da mesma idade. Por conta da sua criação durante a infância ele é liberal, muitas vezes, até demais. Sua confiança em outros da mesma espécie foi comprometida durante a infância, entretanto depois de um período de choque durante a adolescência ela foi reestabelecida, mas não integralmente, ainda é necessário mais tempo para que ele possa confiar totalmente em um humano.

Isso comprometeu sua vida amorosa também, pelo fato de ele ter passado sua infância e puberdade com criaturas de todos os tipos e seu contato com humanos ter sido tardio, sua atração a eles não é tão recorrente, é mais comum ele se sentir atraído por ferais ou qualquer outra raça com linhagem de criaturas.

Por conta disso e de seus costumes ele é visto de maneira incomum pelos outros, mesmo que não seja discriminado há uma certa relutância. Isso não incomoda muito ele, visto que é recíproco e ele prefere fazer amizade com criaturas em vez de humanos.

Mesmo que ele tenha certo receio em falar com humanos, ele consegue deixar de lado, pelo menos aparentemente, quando há necessidade disto para seus interesses como venda ou compra, e consegue, muitas vezes, convencer que não é tão estranho quanto parece. Entretanto, fora dessas circunstâncias ele interage o mínimo possível com qualquer humano, chegando a parecer arrogante. O fato dele ter dificuldade de se concentrar em coisas que ele não está interessado intensificam a visão arrogante que alguns têm dele.

[subtituloOficial2]Aparência[/subtituloOficial2]
Yasei no Seishin

Yasei, como a maioria dos humanos, tinha cabelos e olhos castanhos e 1,75 de altura, entretanto tinha uma pele branca como a de um sulista. Seu corpo sempre foi magro e não tinha seus músculo definidos, mas tinha um carisma que substituía os músculos sem deixar nenhuma falta. Tal carisma era auxiliado com um olhar gentil e um sorriso que poderia tirar qualquer sensação de relutância.

Apesar de algumas mudanças depois de seus contratos, ele não ganhou nenhuma característica que prejudicasse sua aparência nem que causasse uma má impressão, muito pelo contrário, elas ajudaram. Depois do seu primeiro contrato com uma criatura, seu cabelo passou de castanho comum para um branco que deixava muitos impressionados pelo fato de ser exótico. Depois do seu segundo contrato seus olhos mudaram de castanhos para um tom que intercalava entre um azul intenso e um azul gélido, assim, provocando muitos olhares. Talvez essa atenção que ele recebe seja o principal motivo para andar geralmente de capuz, tirando apenas quando conveniente.

[subtituloOficial2]História[/subtituloOficial2]

Yasei nasceu no Vilarejo Ceglum, o qual fica próximo a Alfirin Barad. Seus pais era conhecidos por causa do seu pequeno comércio em Alfirin Barad, visto que eram excepcionais Shapeshifters com habilidades que os auxiliavam na colheita de materiais de ótima qualidade, além de uma oratória aconchegante, pelo menos aos olhos dos outros. Yasei sempre sofreu na mão deles, eram rígidos e queriam fazer as escolhas pelo menino. Queriam que assim como eles, fosse um Shapeshifter, mas Yasei não queria, odiava a ideia de caçar e matar criaturas para sugar as almas delas, tal atitude irritava os pais dele. Por causa disso eles decidiram que iriam treinar as capacidades mágicas dele para ter a possibilidade de oferecem uma alma forte para ele, a qual faria ele se sentir forte e querer mais daquilo, a partir dessa decisão a vida dos 3 mudaram.

Aos 8 anos, Yasei tinha adquirido uma energia mágica admirável e os seus pais decidiram que era a hora perfeita para caçarem a alma para ele. Para isso fizeram pesquisas sobre as mais diversas criaturas já registradas e viram que havia boatos sobre ilhas vulcânicas, as quais abrigavam criaturas nunca antes vistas, logo perceberam que era lá que deveriam ir. Para chegar lá deveriam conseguir alguém para levar eles ou alugar um barco, entretanto nenhuma das opções era acessível, visto que ninguém queria ir até lá e nem alugar o barco pois já sabiam que não iam ter de volta. Isso gerou alguns problemas para os pais dele que tiveram que comprar um barco e aprender a navegar, mas eles não podiam desistir, essa podia ser a única alternativa para Yasei seguir os passos deles.

Depois de mais ou menos 2 anos eles estavam com tudo pronto e então zarparam para a ilha vulcânica conhecida como Lauder. Eles aprenderam como navegar, além de terem comprado um barco de ótima qualidade, também conseguiram chegar na ilha depois de uns meses. Foram recebidos logo com um ataque de umas criaturas bípedes que pareciam com chacais, mas eles tinham força suficiente para acabar com 10 deles sem nem suar e assim conseguiram aportar na ilha.

Depois de descerem do barco, arrastando Yasei a força, andaram em busca da criatura que tinham em mente, mas depois de uns 30 minutos caminhando não encontraram nenhuma besta, além de voltarem para o barco. Isso aconteceu mais umas 2 vezes até perceberem que era uma ilusão, então usaram habilidade de percepção para que pudessem seguir e como Yasei não tinha nada que pudesse impedir a ilusão, foi guiado pelo caminho.

A partir daí começou a complicar, os pais de Yasei começaram a matar as criaturas em busca da que queriam para ele. Isso irou os seres que protegiam a floresta, os quais se juntaram e cooperaram, mas nenhuma criatura a mando dos Sprites conseguia derrota-los, foi aí que esses seres se juntaram e criaram a imagem de um dos monstros mais fortes que tinham visto e o fizeram rugir. Os pais de Yasei viram que era ilusão, mas ele foi afetado e na hora ele entrou em desespero, a sua primeira ação foi correr na direção contrária. Foi nesse momento que tiveram a oportunidade de separar os pais dele, assim, deixando-os mais vulneráveis.

Yasei correu como se não houvesse amanhã até dar com a cabeça em um galho baixo. Quando acordou estava sendo arrastado por uma das criaturas que atacaram ele e os pais antes de aportarem. Começou a se debater assustando a criatura, que o acertou com um golpe e fugir.

Yasei se desesperou, já que o golpe tinha ferido e tava sangrando, o que fez ele começa a chorar. Isso chamou a atenção dos Sprites que na hora pensaram que podia ser um dos humanos e uma Sprite, toda agoniada, se propôs a ir averiguar. Rida, era o nome dela, conhecida por ler muito sobre os mais diversos assuntos, todos os livros que chegavam ou eram roubados ela tentava pegar para ler e guardar.

Ao chegar na origem do choro viu o que já esperava, uma criança humana. Custou se mostrar, estava a observando por entre as árvores, mas assim que percebeu uma criatura feroz se aproximando, usou sua ilusão para que pudesse esconder a criança e fazê-la parar de chorar. Logo em seguida guiou Yasei até uma árvore com caule oco, lá criou uma espécie de imagem sua maior e sem as asas, curando-o logo em seguida e o fazendo dormir.

No dia seguinte ele acordou e não viu a moça do dia anterior e decidiu sair de dentro da árvore, não foi uma boa ideia. Tudo já havia voltado ao normal e a floresta estava recheada de criaturas, no momento em que saiu, causou o maior alvoroço, todos pensaram que era um dos fortes e recuaram com medo de atacar e serem mortos, Rida percebeu a movimentação voltou voando pra lá.

Assim que chegou lá, tinha acontecido o que esperava, os Sprites tinham prendido ele em uma ilusão, ela se desesperou, mas conseguiu pensar em uma maneira de contornar isso. "Ele é uma criatura mágica, não façam isso, ele foi sequestrado pelos humanos que chagaram ontem" foi o que Rida disse em sua língua. Isso funcionou, na hora eles amenizaram as ilusões para que ele não enlouquecesse, deixaram apenas para distraí-lo. Assim, ela explicou que havia encontrado ele na noite passada e estava ferido, até aí era verdade, também disse que ele não era humano e sim uma criatura sequestrado pelos invasores, o que já era mentira. Depois de toda explicação eles acabaram com a ilusão e foram checar as características de criatura dele, nesse momento ela foi rápida e adicionou orelhas de lobos, umas presas, uma cauda e marcas pelo corpo como um tigre. Graças ao fato que só quem criar a ilusão ou percepção suficiente pode perceber o que for ilusão, eles não perceberam e deixaram o garoto livre. No momento em que viu ela, ele começou a ficar agitado, mas ela com poucas palavras em língua comum falou para ele disfarçar e ele percebeu que era o melhor a fazer.

Rida de maneira engenhosa conseguiu convencer os outros para que ela cuidasse dele. Ela montou uma espécie de cabana para eles e lá conviveram, durante o tempo que ficaram lá ambos se ajudaram, ele a ajudou com a língua comum e com pesquisas sobre humanos, ela fornecia material para que ele continuasse a praticar a língua comum, além de aprender outras, e ensinou outras coisas sobre plantas e animais. Em um dos dias que ficou lá ele conheceu o Jakkaru, um Vulp nomeado e criado pela Rida, que coincidentemente foi a criatura que atacou ele no dia que chegou, bom, depois de um tempo eles se acertaram. Mas dentre todos os ensinamentos teve um que ele mesmo pediu, queria ter um caminho mágico que pudesse unir ele com as criaturas e a Rida conhecia um que sabia como ensinar ele, Mestre das Feras, e durante 6 anos ele treinou.

Tudo foi pacífico até a pequena Sprite precisar ficar na patrulha e Yasei ter o descuido de esquecer que estava sem a ilusão, assim, descobrirem que ele era humano, é, aí deu merda. Yasei já estava grande e todos os Sprites estavam com receio de aparecerem e serem atacados, por isso foram por outro caminho, renegaram a Rida e tiraram deles a proteção que impedia que as criaturas os atacassem. Eles começaram a ser atacados com pouco menos de uma semana depois, se não fosse o Jak eles com certeza não teriam sobrevivido, apesar de não ser uma característica da sua espécie, Jak era muito fiel a Rida, em sua infância quando era maltratado pelos seus companheiros por pedir ajuda dos Sprites para se curar, ela foi quem ajudou e deu companhia à ele, junto com Yasei.

Depois de se livrarem dos dois primeiros ataques, Rida lembrou que tinha um amigo que estava devendo um favor a ela. Esse amigo era uma criatura com habilidades de locomoção espacial, ela sabia como alcançar ele que poderia mover eles para Alfirin Barad. Era uma escolha difícil, já que teriam que largar tudo que tinham e levar o mínimo possível, mas era o mais sensato a se fazer. Assim, Yasei pegou uns livros sobre o caminho mágico Mestre das Feras e outro sobre alquimia, que Rida estava ensinando a ele, além de mais uns 2 que a pequena leitora queria. Após isso seguiram à casa da criatura que os ajudaria, essa parte foi complicada, já que ele teria que seguir lentamente dentro de uma ilusão de Rida. Demoraram cerca de meio dia mas chegaram, agora ela teria que convencer a criatura, o que não foi difícil visto que um tempo atrás Rida tinha feito um favor a ela.

A conjugação da magia demorou já que eram 3, independente do tamanho o trabalho era o mesmo, mover coisas para lugares distantes sem danificar é demorado. Assim que chegaram não sabiam onde estavam, mas era uma floresta, Yasei falou que queria propor uma coisa a eles. No mesmo momento ele tirou dois pedaços de uma madeira resistente da ilha e se ajoelhou, recitando as seguintes palavras "Rida, a Sprite sabia e Jakkaru, o Vulp deslocado. Aceitam fazer um elo que nos unirá como um?". Rida já esperava e tava interessada desde o instante em que se encontraram, Jak, mesmo seguindo o instinto, percebeu que era uma proposta a qual não podia recusar e confiava completamente em Yasei.

Ali mesmo começaram o ritual. O primeiro foi Jakkaru, o primeiro visto entre os dois, seu ritual demorou cerca de 3 horas e durante esse período foi-se esculpindo no pedaço de madeira um braço direito de um Vulp. Logo que terminou estava de noite, ele estava esgotado e com fome, então decidiram deixar para o dia seguinte o contrato com a Rida. O Jakkaru foi transformado para a forma animal novamente e estava muito agitado, o elo com Yasei fez ele sentir algo especial, se sentia em completa harmonia e sincronia com Yasei. No dia seguinte pela manhã, após comerem e perceberem que os olhos de Yasei tinha se tornado azul, começaram o ritual com a Rida. O qual demorou cerca de 8 horas nas quais foi talhado na madeira um arranjo de espinhos que Rida tinha na cabeça. Assim que terminou Yasei ficou desacordado, Jakkaru ficou preocupado até perceber que podia sentir que Yasei estava bem e só estava desacordado.

No dia seguinte Yasei acordou e tinha o cabelo branco semelhante ao de Rida e logo em seguida Jak caiu sobre ele, estava exausto, tinha passado a noite acordado o protegendo. Yasei transformou Jak em totem e Rida em forma de criatura. Ela estava tão bem quanto Jak, sentia que não estava só, havia mais alguém ligado a ela com um vínculo especial, único.

Logo em seguida Yasei e Rida decidiram seguir caminho a procura de uma estrada que os levasse a uma cidade e por algum motivo estranho acharam em pouco tempo o Burgo de Milui-Tir. Assim que entraram Yasei colocou um capuz e Rida se escondeu na nuca dele, o primeiro passo deles foi perguntar informações sobre os pais de Yasei, já que não os viu mais em Lauder. Pelo visto eles não voltaram da ilha, isso deveria abalar  o jovem, entretanto, ela não tinha um vínculo memorável com eles. Assim decidiram ir até a loja antiga dos pais de Yasei, graças aos hábitos da espécie dos Vulps, Jak conseguiu a chave que estava na embarcação que Yasei e a família foram para Lauder.

Depois de alguns dias de viagem eles chegaram na loja em Alfirin Barad. Ao entrarem estava cheio de materiais, Yasei pensou "Estou feito" e estava certo, pelo menos até aparecer o cobrador de impostos que cobrou por todos os anos e, bom, bateu até depressão ao ver a loja vazia. Mas, bola pra frente, ele ficou uns 2 anos sobrevivendo com o mínimo, vendendo poucos matérias só para manter a loja e casa, nesses período aprimorou as habilidades que tinha adquirido e aprendeu mais sobre o caminho mágico, além de aperfeiçoar seus conhecimentos sobre alquimia e suas capacidades de comunicação para além das criaturas. Até que decidiu que poderia se aventurar a pegar materiais melhores para vender e conseguir dinheiro para outros objetivos, para isso comprou uma besta, caso seu caminho mágico não fosse suficiente.

Ficar com pouco dinheiro era um pouco perturbador a Yasei, visto isso ele decidiu aproveitar a viagem ao Centro de Missões, o qual Rida queria ver, para pegar uma missão simples, assim podendo pesar seu bolso e testar o sistema de missões.

A missão a qual pegou era simples e conciliou com suas capacidades. Além de garantir acesso gratuito à biblioteca da Guilda dos Letrados, ele arrecadou uma boa quantia de dinheiro, o qual podia ser usado para comprar mais equipamentos e suplementos. Mas talvez esse não fosse o próximo passo de Yasei.

[subtituloOficial2]Informações Base[/subtituloOficial2]

Nivel: 1
Experiencia: 40/50

Pontos de Atributo: 00/11
Pontos de Aprendizado: 01/07

Moedas: 975

[subtituloOficial2]Níveis de Vitalidade[/subtituloOficial2]
Saudável: ●●
Pouco Ferido: ●●
Ferimentos Moderados: ●●
Ferimentos Graves: ●●
A Beira da Morte: ●●
Inconsciente: ●●

[subtituloOficial2]Níveis de Desgaste[/subtituloOficial2]
Pleno: ●●●
Desgaste Mágico Leve: ●●●
Desgaste Moderado: ●●●
Desgaste Sério: ●●●
Fatigado: ●●●
Exausto: ●●●

[subtituloOficial2]Atributos[/subtituloOficial2]

Força: F
Descrição: Mesmo em Lauder ele nunca foi de treinar o corpo no quesito força, sempre preferiu usar outros meios como artimanhas para que não precisa usar força bruta.

Agilidade: E
Descrição: O tempo em Lauder onde corria e tentava acertar Jak em suas brincadeiras ajudou para que sua agilidade não fosse débil.

Vigor: E
Descrição: Podemos dizer que no início de sua vida em Lauder ele comia coisas que não devia além de apanhar de outras criaturas, já que nunca foi muito de luta corpo a corpo.

Percepção: D
Descrição: Yasei treinou sua percepção principal em suas brincadeiras e treinamentos com Jakkaru, além dos treinamentos que fazia quando resistia às ilusões de Rida.

Energia: D
Descrição: Ele nunca deixou de treinar sua energia, era algo que desde criança treinou com afinco.

Carisma: D
Descrição: Praticar sua carisma sempre foi necessária, em Lauder precisava convencer os outros que era uma fera e em Alfirin teve que vender seu peixe, algumas vezes literalmente.

[subtituloOficial2]Vantagens e Desvantagens[/subtituloOficial2]

Vantagens:

Voz Encantadora: (-1 ponto)
Existe algo em sua voz que os outros simplesmente não conseguem ignorar. Quando você dá ordens, eles se encolhem. Quando seduz, eles se desmancham. Seja trovejante, gentil, persuasivo ou simplesmente ao conversar, sua voz chama a atenção.
Desde pequeno tinha uma voz que atraia atenção, ela era branda e calorosa. O que colaborou muito com os negócios como venda, compra ou troca.

Lábia: (-2 ponto)
Seja para conquistar o coração d@ amad@ ou para manipular o mais alto rei. Você sabe como usar as palavras.
Desde mais novo teve que aprender ter essa lábia para que pudesse convencer outros e adquirir sua confiança. Principalmente em Launder onde teve que se passar por uma fera e em Alfirin Barad quando voltou, visto que tinha dificuldades com relação ao relacionamento com humanos e não podia passar isso para seus clientes.

Loja: (-2 ponto)
Apesar de sua casa ser relativamente pequena, possuindo apenas dois quartos, você possui na frente, embaixo, do lado ou em algum canto da mesma com acesso ao publico um espaço que pode funcionar como oficina ou mesmo loja para exercer alguma profissão.
Loja e oficina de seus pais em Alfirin Barad, que também funcionava pra passar a noite.

Protetor: (-1 ponto)
Você tem um instinto de proteção incomum, percebendo quando algum perigo se aproxima, fazendo com que dificilmente seja pego de surpresa.
Alguém que vive na floresta desenvolve esse instinto mesmo sem intenção.

Desvantagens:

Obsessivo(Pó de Fada): (+2 ponto)
Diferente de Devoção. O usuário tem uma certa (ou completa) "paixão" por um determinado item ou pessoa (isto cabe a ele escolher, e deixar claro o que ou quem é!), essa paixão no caso pode afetar sua sanidade, caso dentro de 10 posts o portador dessa desvantagem não manifeste, veja, toque, ou qualquer outra interação com a pessoa ou item acarretará em consequências. Ou seja, sua sanidade será afetada aos poucos, com tremedeiras, movimentos involuntários, paranoias, miragens, mas isto cabe ao narrador decidir.
Yasei costumava se machucar muito então sempre andava com um potinho de pó de fada. Ele constantemente olha pra confirmar se tem ou se precisa repor.

Intolerância a Humanos: (+1 ponto)
Você tem certo receio em falar com humanos. Seja por trauma, personalidade ou escolha, você certamente não fala com um humano como falaria com qualquer outro.
Devido a imagem negativa que tinha dos seus pais, Yasei tem um pé atrás quando fala com humanos.


[subtituloOficial2]Fama e Reputação[/subtituloOficial2]
Fama: 0
Reputação:
Ruínas da Cidade de Londor: 0
-Vilarejo de Dunoon: 0
-Vilarejo de Arran: 0

Cidade de Hostgath: 0
-Vilarejo de Aberfoyle: 0
-Vilarejo de Amulree: 0
-Vilarejo de Dunblane: 0

Cidade de Alfirin Barad: 0
-Vilarejo de Ceglum: 0
-Vilarejo de Dalmally: 0
-Vilarejo de Invergarry: 0

Burgo de Milui-Tir: 0
-Vilarejo de Spean: 0
-Vilarejo de Tarbert: 0

Cidade de Abeh-Tok: 0
-Vilarejo de Dornach: 0
-Vilarejo de Montrose: 0
-Vilarejo de Kinloch Rannoch: 0

Cidade de Klein-Tok: 0
-Vilarejo de Kinlochewe: 0
-Vilarejo de Keith: 0
-Vilarejo de Glenrothes: 0

Cidade de Southgard: 0
-Vilarejo de Carnoustie: 0
-Vilarejo de Cupar: 0

Burgo de Tropius: 0
-Vilarejo de Dorsue: 0

Forte Uist: 0

Forte Hamilton: 0

Torre de Ledmore: 0

Torre de Lochnagar: 0

Ilha de Ferrakind: 0

Ilha de Lauder: 0

[subtituloOficial2]Perícias[/subtituloOficial2]

Perícia: Biologia
Rank: E
Detalhes: Você sabe tudo sobre plantas e animais. Sabe dizer quais são comestíveis, venenosos, medicinais...

Perícia: Alquimia
Rank: E
Detalhes: Você pode fazer poções de mais variados propósitos.

[subtituloOficial2]Caminho Mágico[/subtituloOficial2]

Mestre das Feras:
 De uma lenda semelhante à dos Shapeshifters, surgiu-se os conhecidos como Mestres das Feras. Tribos nas quais não suportavam a ideia de ferir um animal e, muito menos, devorar seus corações. Estes eram seres que viviam em harmonia com a natureza, cultivando e domesticando os animais selvagens para que estes os auxiliassem, mas jamais os ferindo. Sua estrutura social girava em torno dos animais que as famílias possuíam em suas moradias e o quão bem conseguiam se relacionar com estes. Dizem que um Deus Pagão afeiçoou-se de sua bondade e sinergia com a natureza, tratando criaturas menos evoluídas como seres de mesma hierarquia. O grande Deus Pagão lhes propôs uma oportunidade de elevar essa sintonia com seus animais a outro nível, podendo, até mesmo, desenvolver habilidades poderosas.

[subtituloOficial2]Talento Arcano[/subtituloOficial2]

Segunda Chance
Encontrando-se em uma situação desesperada, um Mestre das Feras pode se ver obrigado a quebrar um de seus contratos com suas Feras. Todavia, alguns conseguem burlar a lei natural de sua magia e possuem uma chance de convencer seus parceiros a não os abandonar, tendo uma oportunidade de receber uma missão em prol da sua segunda, e única, chance.
O personagem receberá, de acordo com o espírito no qual quebrou a regra, uma missão que o faça se sentir confiante de novo com o Mestre, devendo ser feita de acordo com o que lhe foi proposto e sem a ajuda deste.

[subtituloOficial2]Magias[/subtituloOficial2]

Espécie: Sprite
Nome: Rida
Rank: D
Alcance / Área de efeito: Especial
Tempo de Conjuração / Duração: Se estiver na forma de criatura, 2 turnos, se estiver na forma de totem, instantânea / Ilimitado
Descrição Física: Rida
Rida tem por volta de 53 anos, os brotos que tinham pelo seu corpo desenvolveram uma folhagem que cobre seu corpo, na sua cabeça desenvolveram-se espinhos. Ela usava em sua cintura um anel que um dia foi de Yasei.
Personalidade: Rida sempre gostou muito de ler, era conhecida entre todos por essa característica. Essa talvez seja o motivo por não temer os humanos tanto quanto os outros e ter profunda curiosidade sobre seus costumes. Há quem diga que ela criou Yasei para que ele fosse seu passaporte para a população humana. Ela também tem um grande conhecimento sobre ervas e criaturas.
Condição: Levá-la para as cidades que ela quiser conhecer, fornecer livros sobre a cultura humana e não atacar criaturas sem ser provocado ou atacado antes.
Habilidade: Ao ativar, essa magia cura 1 pv Yasei e mais um aliado a cada rank de energia de Yasei a cada turno que estiver ativa e o aliado tem que estar dentro de um raio de 5m.
Custo: 4 pontos fixos ao ativar.

Espécie: Vulp
Nome:Jakkaru
Rank: E
Alcance / Área de efeito: Especial
Tempo de Conjuração / Duração: Se estiver na forma de criatura, 1 turnos, se estiver na forma de totem, instantânea / Ilimitado
Descrição Física: Jakkaru
A espécie de Jak não se diferenciava muito então ele era como qualquer um, está com 19 anos já que é 1 ano mais velho que Yasei e tem cerca de 1,65m.
Personalidade: Jak tinha costumes iguais aos de sua espécie, apenas na personalidade era diferente. Desde jovem foi criado com Yasei e cuidado pela Rida, isso fez ele ser fiel à ambos, o que foi repudiado pelos seus familiares. Tal atitude foi um dos motivos para ele seguir com Yasei para Alfirin Barad.
Condição: Nunca deixar um animal pacífico ferido.
Habilidade: Ao ativar Yasei consegue usar uma habilidade de rastreio semelhante a da tribo de Jak. Se ele tiver se alimentado de carne nas últimas horas ele vai ter o Rastreio de Fauna, caso tenha se alimentado de ervas e frutas ele adquiri Rastreio de Flora.
Custo: 2 pontos fixos ao ativar.


[subtituloOficial2]Equipamentos[/subtituloOficial2]

Poção de Energia Menor x2
Classificação:Poções
Um item mágico comercializado por guildas de alquimistas, embora seu custo de produção seja. Essa poção é conhecida por alimentar a energia latente de um indivíduo quando é consumida. Cura 1 PM por turno, durante 5 turnos.
$ 40

Besta
Classificação: Bestas
Consiste de um mecanismo semelhante à um arco, porém construído na horizontal e com o objetivo de disparar setas. A arma não depende da força do usuário, sendo que o disparo é realizado pelo mecanismo. Cada disparo deve ser recarregado manualmente usando um pé e as duas mãos, mas uma vez feito isso, o usuário pode esperar com a seta pronta e só disparar quando desejar, puxando o gatilho. Vem com 10 virotes. Causa 3 de dano por Perfuração, Alcance 20 Metros.
$ 250

Cordão com Potinho de Pó de Fada
Classificação:Acessório
Um potinho acoplado a tiras de couro, pode ser encontrado em diversas tendas. Essa pote pode guardar uma quantidade pequena de material. Usada por Yasei para armazenar uma quantidade máximo de pó de fada equivalente a 5 PV.
$ 5
avatar
ADM.Jin

Mensagens : 48
Data de inscrição : 13/02/2017

Player
Nickname: Nome do Player (ou apelido)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum